Um bom colchão para noites bem dormidas

Bem Estar Venha saber qual é o colchão ideal para você ter noites bem dormidas e mais disposição para o dia seguinte.
Você vai ler:

A escolha de um colchão, assim como de almofadas, é pessoal e está dependente de vários factores tais como a morfologia do indivíduo, a posição em que dorme e das próprias características do colchão.

Se é uma pessoa pesada, é melhor optar por um colchão de molas pois este tipo de colchão oferece uma melhor repartição das pressões do corpo em função do peso.

Se transpira bastante, esta também será a escolha mais adequada, uma vez que permite um melhor arejamento e uma maior dissipação do calor. São os ideais para zonas quentes.

Dentre este tipo, existem três variedades:

  • O tradicional com molas bicónicas ou de bonell em forma de cone duplo;
  • As molas contínuas, nestas existe a continuação do mesmo fio metálico por várias molas o que dá ao colchão uma consistência mais firme e,
  • ainda, as molas ensacadas em que as molas são independentes umas das outras e se encontram revestidas por tecido. Neste caso, o risco de acordar o parceiro é menor uma vez que a transmissão do movimento não é tão sentido.

Em qualquer destes casos o número de molas determina maior ou menor consistência e maior ou menor diferenciação das zonas do colchão o que permite maior ou menor conforto.

As pessoas mais leves e menos acaloradas podem optar por colchões em latex ou em espuma, mas estes não devem ter uma densidade inferior a 25Kg/cm3.

Os colchões de espuma são em poliéster ou poliuretano e a sua qualidade está dependente da densidade dos materiais.

O fato de terem uma espessura superior a 15 cm não é relevante.

Os colchões em latex são compostos por núcleos de borracha sintética ou natural, são perfurados para permitirem o arejamento, mas, mesmo assim, são quentes no Verão.

As pessoas alérgicas ao latex normalmente podem utilizar este material uma vez que este se encontra recoberto por revestimento, mas se tiver este tipo de alergia é melhor aconselhar-se com o seu alergologista.

As pessoas que dormem de lado necessitam de ter um colchão que ofereça consistência para que o corpo não se afunde, mas, ao mesmo tempo, que seja suficientemente almofadado para que a pressão exercida sobre o ombro e o trocânter (osso da parte externa da anca) seja confortável. Os colchões muito duros podem ser desconfortáveis.

As pessoas que dormem de barriga para baixo necessitam de uma superfície que se molde à posição do corpo.

Esta é, no entanto, uma posição não recomendável para a saúde da coluna.

As pessoas que dormem de costas podem usar um colchão com maior densidade uma vez que o corpo possui maior área de contacto.

Quando for comprar um colchão recomenda-se que se o puder experimentar durante 15 minutos o faça. Use uma roupa confortável e vire-se em várias posições. Se ao virar o cotovelo se afundar é porque o colchão é demasiado mole.

Se estiver deitado de costas e existir uma folga entre a coluna lombar e o colchão este poderá ser demasiado duro.

O tamanho conta. É melhor maior do que mais pequeno. É importante que se possa mexer à vontade.

Se vai comprar um colchão de casal é importante fazê-lo a dois e experimentá-lo a dois.

Existe sempre a possibilidade de mandar executar um colchão de casal diferenciado em função da estrutura de cada um embora seja mais dispendioso, ou usar uma cama conjunta com dois colchões diferentes quando tal se assevera necessário para o conforto do casal.

Tenha um bom sono com ótimos sonhos.