Tenha sempre um livro

Bem Estar Veja como o hábito de ler pode trazer diversos benefícios além de ampliar o conhecimento e vocabulário.
Você vai ler:

Repousar com um bom livro pode ser uma forma bem cativante de ocuparmos algumas horas das nossa férias e de promover atitudes de silêncio e equilíbrio corpo-mente.

Na correria do dia-a-dia por vezes lamentamos o tempo que não temos e atribuímos frequentemente importância a atividades que depois de integradas não são questionadas.

A leitura de um livro não pode ser abafada por novos "prazeres” e, para isso, temos de entender o valor que a mesma possui na área pessoal, interpessoal e social.

Ler é um ato de descoberta que suscita emoções, pensamentos e aprendizagens constantes.

Envolvidos nessa atividade a nossa curiosidade não tem limites. Procuramo-nos no mundo através dos livros e, assim, reinventamo-nos.

Tornamo-nos personagens do mundo e aprendemos a conviver melhor com ele. Lemos, entendemos e criamos histórias. Criamo-nos!

Fonte de prazer e ferramenta de promoção cognitiva é uma atividade através da qual desenvolvemos a criatividade, ampliamos os nossos conhecimentos e aprendemos a ver o mundo em diferentes perspectivas. 

O hábito da leitura deve ser estruturado desde a infância através de momentos lúdicos e de interação positiva com adultos.  

A leitura faz parte de uma educação completa (e sempre inacabada) para crianças, jovens e adultos.

Ou seja, da construção de indivíduos capazes de pensar por si próprios, ativos no seu processo de aprendizagem e mais capazes de viver consigo próprios e em sociedade.

A leitura talvez continue a ser uma actividade de privilegiados se falamos de quem não só aprendeu a ler como de quem é capaz de ler para aprender. Se aqui se sente diferente, goze essa diferença!

Ler para quê?

  • Para aprender e conhecer;
  • Para o aperfeiçoamento linguístico ;
  • Para a construção de uma personalidade;
  • Para saber comunicar;
  • Para prevenir o declínio cognitivo;
  • Para saber estar com o outro;
  • Para ter prazer e como fonte de bem-estar;
  • Para ter memórias.

Respeitarmos os livros como parte e extensão de nós próprios é sinónimo de compreensão da leitura como fonte de inspiração, sabedoria e conhecimento.

O livro é um objeto dinâmico e apaixonante. Relacione-se com ele(s) e talvez algum deles cumpra o conceito de amizade citado no livro "O principezinho” de Antoine de Saint-Exupéry:

"Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós".

Tenha sempre consigo, o seu livro!

Tenha sempre um livro!