Suplementos de ômega 3 na saúde infantil

Suplementação Conheça os benefícios dos suplementos de ômega 3 na saúde infantil, saiba como esses ácidos auxiliam no desenvolvimento cerebral da criança.
Você vai ler:

Os ácidos gordos essenciais têm benefícios para a saúde ilimitados. Promovem a saúde do coração, cérebro, articulações e o humor.

Os animais, incluindo os humanos, não possuem a enzima necessária para a sintese dos ácidos gordos essenciais, biologicamente ativos.

O Ácido Linoleico (LA), ácido gordo ômega 6, e o α-Linolénico (ALA), ácido gordo ômega 3, são considerados ácidos gordos essenciais porque não podem ser sintetizados pelo nosso organismo.

A partir do LA, podemos produzir o Ácido Docosahexaenóico (DHA) e o Ácido Eicosapentaenóico (EPA), que são ômegas 3 também presentes nos peixes e óleos de peixe.

Como esta taxa de conversão é baixa, há a necessidade de ingerir EPA e DHA pela alimentação ou suplementação.

DHA e EPA são ácidos gordos ômega 3, que contribuem para a flexibilidade da membrana celular.

Enquanto os ômega 6 são precursores da inflamação (cascata do ácido araquidônico), os ômega 3 reduzem a síntese de fatores pro-inflamatorios: citoquinas, PCR , factor TNF-alfa , interleucina 6 (IL-6) e controla o nível de adiponectina.

Algumas décadas atrás, na alimentação humana, a razão ômega 6 /ômega 3 era mais baixa e atualmente a razão aumentou à custa de aumento de ômega 6 (consumo de carnes e frituras).

O consumo de ômega 3 ronda 0,5 a 2g por dia enquanto o de ômega 6 é 5 a 20 vezes mais.

A dieta ocidental aumenta a razão ômega 6/ômega 3 e têm vindo a aumentar as doenças inflamatórias como a esteatose hepática, doenças cardiovasculares, obesidade, doenças inflamatórias do intestino, doenças autoimunes, d. Alzheimer e asma.

Já existem exames laboratoriais que permitem estudar o perfil dos ácidos gordos essenciais e permitir corrigir de forma equilibrada e personalizada, a razão ômega 6 /ômega 3.

Ômega 3 na Saúde Infantil

O DHA contribui para o desenvolvimento do cérebro e para a aprendizagem em crianças e adolescentes. O que é muito importante nos primeiros 2 anos de vida para o desenvolvimento intelectual.

Síndrome de déficit de atenção, Hiperatividade e Autismo, podem resultar da interação entre genética e fatores nutricionais, como a deficiência de ômega 3 durante o desenvolvimento fetal.

Variações genéticas no metabolismo dos ácidos gordos podem ser influenciadas pela genética, hábitos alimentares e situação geográfica.

Devido ao aumento da obesidade infantil deparamos com crianças muito pequenas a sofrer de sindromes metabólicos com a:

  • Hipertensão arterial;
  • Diminuição da fração HDL do colesterol;
  • Triglicerídeos elevados;
  • Aumento da glicose ( pré-diabetes);
  • Esteatose hepática que perpetua um processo inflamatório crônico.

Existe evidência científica que os ácidos gordos ômega 3 ajudam no controle do perfil lipídico e da inflamação.

No desenvolvimento visual os ácidos gordos polinsaturados, principalmente DHA, são essenciais para o desenvolvimento saudável da visão.

No último trimestre de gestação verifica-se uma absorção de DHA pela placenta para suportar o rápido desenvolvimento do cérebro e visão do feto.

  • DHA tem efeito protector em vários problemas relacionados com a prematuridade:
  • Displasia pulmonar;
  • Enterocolite;
  • Retinopatia do prematuro.

Estudos sugerem o uso de suplementos a longo prazo. Consulte o nosso artigo "Cuidados a ter quando escolher um suplemento ômega 3".