Soja & companhia

Alimentação Saiba como a soja pode trazer diversos benefícios para sua saúde de maneira saudável e eficaz melhorando sua condição alimentar.
Você vai ler:

A soja é um alimento com bastante interesse já que constitui uma fonte vegetal com proteínas de alto valor pertence à mesma família do feijão, grão e ervilhas – a família das leguminosas.

O grão de soja além de boa fonte proteica é também fonte de fibras, vitaminas e minerais (ácido fólico, vitamina K, vitamina A, selénio, potássio,…).Ideal para garantir aporte proteico em vegetarianos.

Mas o consumo mais comum é o dos seus derivados e por isso vejamos alguns deles.

Sabe-se que os alimentos fermentados podem facilitar a conversão de uma das isoflavonas da soja em equol, o que pode ter benefícios para a saúde.

Quanto mais natural e menos processado for o alimento, melhor!

Leite de soja 

Um bom substituto para quem não pode utilizar leite de vaca/cabra/ovelha por alguma razão.

O valor proteico desta bebida é muito bom, o que para lanches e pequeno-almoço é muito boa opção.

Potássio, fósforo e ácido fólico são os nutrientes que se podem destacar.

Se procura cálcio não é na bebida de soja que o vai encontrar (tem pouco e difícil de absorver) a não ser que seja enriquecida.

Em casos deintolerânciaà lactose, o leite de soja (ou mais corretamente, bebida de soja) será muito bem tolerado.

Já se a questão é de hipersensibilidade alimentar, pode haver hipersensibilidade à soja que pode ser laboratorialmente testada.

Pode ser aquecida ou bebida fria e devem ser preferidas as vertentes naturais.

Iogurte de soja

Alimento fermentado que se apresenta quer na forma natural, quer com aromas ou pedaços de fruta.

No início da sua comercialização eram extremamente doces, atualmente já há opções menos adocicadas.

Na ida às compras deve procurar iogurtes naturais e depois adicionar fruta ou canela para um sabor melhor; ou nos iogurtes com polpa de fruta, verificar a quantidade de açúcar e a inexistência de corantes.

Ótimo para lanches em que adicione fruta e umas nozes/amêndoas ou avelãs. Fazê-los em casa pode ser muito simples.Saiba como fazer aqui

Tofu

Basicamente o tofu está para a soja como o queijo para o leite, em termos de forma de produção.

Água, grão de soja e um coagulante são os ingredientes necessários.

Existem diversos tipos de tofu que variam essencialmente na sua consistência.

É um alimento de elevado valor proteico, baixo em gorduras e calorias e que dependendo do coagulante usado pode apresentar valores interessantes de cálcio e ferro.

Sendo de origem vegetal, não tem colesterol.

Pode chamar-se o "alimento camaleão” pois ganha o sabor do cozinhado onde for inserido.

Se gostar da sua consistência é muito fácil gostar do sabor, pois será o sabor que quiser!

Até já existem festivais de tofu, com concursos de culinária, provas e muita animação.

Miso

O miso é bastante conhecido pela sua aplicação na chamada "sopa de miso”.

Na verdade, o miso é um tempero ou pastafeito a partir de grãos de soja fermentados com um fungo específico.

A sua cor pode ser clara ou mais escura conforme a duração do processo de fermentação. T

ambém pode ser feito a partir de outros grãos como a cevada ou arroz.

Confere sabor bastante intenso, é boa fonte proteica, de vitamina B e alguns minerais (potássio, ferro, cálcio) já que o processo de fermentação facilita a sua absorção.

Contém bastante sódioe pode ser usado como substituto do sal nos cozinhados já que possui menos sódio que o "sal de mesa”.

Possui características bastante interessantes para ajudar na digestão.

Tempeh

Originário da Indonésia, é mais um derivado fermentado da soja que permite que após fermentação controlada se forme uma consistência bastante espessa, quase como se fosse um pedaço de peixe ou carne.

De sabor muito forte mas diferente dos outros derivados da soja, apresenta um paladar parecido com nozes.

É facilmente digerido por causa da ação da fermentação.

Fornece mais proteínas, cálcio e ferro que o tofu.

O tempeh é uma das poucas fontes vegetais onde se pode encontrar vitamina B12, que muitas vezes falta aos vegetarianos.

Ao comprar verifique o rótulo, já que a soja não tem vitamina B12 e é da fermentação que vai depender essa produção.

Tal como no miso, a fermentação reduz o conteúdo de isoflavonas, mas pode torná-las mais facilmente convertidas em equol

Natto

A fermentação de grãos de soja pela bactéria Bacillus subtilis nattoé o que origina este subproduto da soja.

Durante o processo desenvolvem-se esporos e enzimas que decompõe a soja formando os "fios de nato” que conferem consistência pegajosa e podem ser esticados por vários metros.

O sabor e aroma são muito intensos.

A soja viscosa e decomposta é muito nutritiva e bem digerida e possui a nattokinase, enzima com capacidade para dissolver coágulos sanguíneos. Já existe natto inodoro para quem não suporta o seu aroma.

Tamari

É frequentemente confundido com molho de soja por ser muito semelhante em cor e aspeto.

Tal com o molho de soja, é feito a partir de grão de soja e ocorre uma fermentação à qual é adicionada trigo.

O tamari difere por ter uma pequena percentagem (ou nenhuma) de trigo e muito maior percentagem de soja.

É um molho mais espesso e menos salgado. Enquanto produto fermentado apresenta benefícios digestivos e é considerado antioxidante.

Tenha em atenção o rótulo porque há marcas que colocam um pouco de trigo, podendo ser apropriado para dietas sem glúten.

Os derivados da soja são portanto ótimas opções para que possa variar na sua alimentação usando alimentos que lhe podem trazer benefícios!