Sal Verde

Alimentação O sal verde é uma mistura entre 6 ingredientes que são comumente utilizados em quase todas as receitas. Venha aprender mais sobre o sal verde aqui.
Você vai ler:

Quando chega a hora de usar ervas na cozinha, poucos são aqueles que têm a ousadia de fugir ao uso tradicional da salsa e dos coentros.

Mas o mundo das ervas aromáticas vai muito para além disso!

Todas as ervas são ricas em poderosos antioxidantes que previnem e reparam certos danos nas células causados por radicais livres, sendo que o seu uso na culinária poderá ser uma mais-valia quer na prevenção quer na melhoria da qualidade de vida.

Muitas delas têm ainda propriedades antibacterianas bem como antivirais que ajudam a proteger o organismo contra várias doenças infecciosas. 

Para além destas vantagens, as ervas aromáticas assumem-se como auxiliares bastante interessantes na promoção de um bom processo digestivo em concomitância com a redução do consumo de sal, que nos dias de hoje se tornou deveras excessivo.

Assim existe na natureza uma planta de inigualável valor que costumamos utilizar como substituto do sal nos cozinhados.

De nome tomilho bela-Luz (Thymus mastichina), também conhecido como sal purinho, é uma planta endémica da península ibérica que intensifica o sabor dos alimentos.

O seu aroma forte e canforado liga bem com qualquer tipo de iguaria, devendo ser usado com equilíbrio para que o seu sabor não se sobreponha ao dos seus cozinhados.

Uma boa dica para se adaptar a esta erva e conseguir fazer uma gradual transição do tradicional sal, consiste na colocação de 100g de flor de sal e 50g de tomilho bela-luz num recipiente, misturando-os muito bem.

Use agora este maravilhoso preparado para temperar os seus cozinhados. Com o tempo e a prática, vá diminuindo a quantidade de flor de sal e aumentando a quantidade da erva na sua mistura, podendo até chegar ao ponto em que já não necessita de colocar sal no seu preparado, utilizando apenas o tomilho bela-luz puro.

Utilizamos com frequência este tomilho para aromatizar azeites que poderão ser utilizados nos temperos, em crus ou cozinhados.

Uma boa combinação de ervas que uso para incrementar o meu azeite é tomilho bela-luz, alecrim e estragão francês. Uma delícia!

O tomilho bela-luz é muito rico em ácido ascórbico (Vit C), um poderoso antioxidante que o torna um bom conservante natural de alimentos, bem como um eficaz auxiliar no combate ao stress oxidativo a que estamos expostos diariamente.

A quantidade de Omega 3 e Omega 6 presente nesta planta aromática faz com que ela esteja associada à diminuição de risco de doenças inflamatórias, cardíacas, hipertensão, entre outras.

A Vit E também se encontra  presente, prevenindo doenças degenerativas, cardiovasculares e dermatológicas.

Em fitoterapia, este tomilho é bastante utilizado em patologias do aparelho respiratório e digestivo e pode ser tomado em infusão em conjunto com outras ervas.

Em situação de gripe ou constipação por exemplo, uma boa combinação que recomendamos frequentemente é a junção de tomilho bela-luz com tomilho limão e equinácea.

Esta tisana fortalece o sistema imunitário e trata a afecção respiratória.

Gosto particularmente da inalação dos vapores deste preparado pois é deveras eficaz para desobstruir as vias respiratórias sendo ainda um excelente expectorante.