Pontos de Vista & Pensamentos

Bem Estar Existem vários tipos de pensamentos e de ponstos de vista e nós temos que saber respeitar e tentar entender todos.
Você vai ler:

Durante um dia são milhares os pensamentos que surgem na nossa mente associados a eventos que ocorrem - pensamentos sobre passado, pensamentos sobre o futuro e pensamentos sobre o que estamos a fazer no momento presente.

Alguns dos pensamentos que ocupam a nossa mente são construtivos e úteis para o nosso funcionamento e criatividade diária, enquanto que outros são pensamentos destrutivos que surgem associados a emoções que nos destabilizam e criam desconforto a vários níveis da nossa experiência.

O natural é nos identificarmos com os pensamentos que surgem na nossa mente, aceitarmos os pensamentos como factos e não conseguimos notar a escolha que temos de os "alimentarmos” ou deixá-los ir do nosso foco de atenção.

Onde colocamos a nossa atenção vai intensificar essa experiência, de forma que temos sempre a opção de ver os pensamentos pelo que eles realmente são – apenas pensamentos e não factos.

Os pensamentos tornam-se reais na nossa experiência a partir do momento em que nos identificamos com eles. Ao invés, quando os deixamos ir do nosso foco de atenção, como se fossem nuvens no céu, eles deixam de ter impacto sobre a nossa experiência do momento presente.

Por exemplo, se ocorre um evento no contexto de trabalho onde estão presentes um grupo de 5 pessoas cada pessoa irá ter uma interpretação diferente do evento e daí uma experiência diferente.

Então se o evento é o mesmo para todas as pessoas presentes o que cria essa diferença de experiência é apenas a interpretação e os pensamentos associados a esse instante.

Podemos dizer que os pensamentos e emoções associados a um evento são apenas dependentes do ponto de vista de cada um e do que cada um associa a essa experiência.

Desta forma, estados mentais e emocionais não têm diretamente a ver com a experiência em si, mas antes com a forma como a vemos e a interpretamos.

Se mudamos o nosso ponto de vista, então os pensamentos e emoções sobre esse evento também mudam.

No seu dia-a-dia observe em que circunstâncias nota que entra em estados de ansiedade ou depressão, observe que ponto de vista e interpretação associou ao momento presente que despoletou essa experiência interna.

Posteriormente, convide-se a mudar de perspectiva e a escolher formas de ver que lhe permitem fomentar pensamentos e emoções construtivas e positivas.