Paris: a cidade da luz e do amor

Bem Estar Paris a cidade luz: venha conhecer um pouco mais sobre uma das cidades mais lindas e românticas do mundo, entenda porque ela ganhou esse status.
Você vai ler:

A cidade de Paris está muito relacionada com romance, amores e paixões. Disse John Berger, crítico de arte, romancista, pintor e escritor inglês, que Paris se fosse uma pessoa, seria "um homem nos seus vintes, apaixonado por uma mulher mais velha”.

Ao longo de décadas, muitos foram os escritores que se mudaram para Paris para escrever os seus romances e muitos são os sítios da cidade que não deve deixar de conhecer para se deixar contagiar pelo amor:

Ponte des Arts – Aqui poderá ver uma das mais românticas visões do mundo, principalmente de noite. Consegue ver Notre Dame, o museu do Louvre e uma belíssima paisagem que rodeia o rio Sena.

Jardins do Trocadéro – Há quem diga que é muito romântico subir à Torre Eiffel e dar um beijo no topo a apreciar a vista.

Mas pode ser ainda mais romântico, ir para os "Jardins do Trocadéro", sentar-se num dos bancos disponíveis com vista privilegiada para a Torre Eiffel e dar o tão desejado beijo no momento em que a torre brilha.

E quando será o momento perfeito? A torre brilha durante 10 minutos a cada hora, iniciando-se à hora certa.

A parede do amor, em Montmartre – é uma parede com a expressão "Amo-te”, escrita em diversas línguas.

Tem pedaços vermelhos pelo meio que representam corações partidos que a parede pretende ajudar a reparar.

Esta parede foi ideia de Frédéric Baron, autor francês, que parava turistas na rua para lhes perguntar como se dizia "Je t’aime” na sua língua nativa.

É um ótimo lugar para uma reconciliação ou confirmação de um amor!

Mais do que ler sobre a cidade de Paris é preciso vivê-la. Quem lá vai diz que é mesmo a cidade do amor: experimente e viva-a também!