Mexer repetidamente os músculos – um segredo de bem-estar

Bem Estar Estudos comprovaram que atividades musculares repetidas aumentam a produção de endorfinas, promovendo o bem-estar físico e mental. Saiba mais sobre esse segredo de bem-estar.
Você vai ler:

O que têm em comum uma senhora idosa a fazer malha ou renda, uma pessoa a trabalhar ao fim-de-semana na horta ou no jardim e um jovem a correr em passo cadenciado e descontraído?

Preste atenção à expressão de todos. Verá serenidade e bem-estar. E muito provavelmente receberá de todos eles um sorriso. Porquê?

Porque a atividade muscular repetida aumenta a produção de endorfinas que promovem o bem-estar físico e mental.

As endorfinas são produzidas pela atividade muscular repetida.

As endorfinas são substâncias orgânicas cujo efeito é semelhante a morfina, daí o seu nome.

  • Produzem uma sensação geral de bem-estar que pode chegar perto da euforia sentida por muitas pessoas após uma longa corrida.
  • Interagem com os recetores cerebrais que reduzem a perceção da dor tendo capacidades analgésicas.
  • Interagem com vários recetores cerebrais de neurotransmissores tendo capacidades sedativas e ansiolíticas. 
  • Melhoram e estabilizam o humor tendo um efeito antidepressivo, melhoram a resposta aos fármacos antidepressivos e previnem a recidiva de novos episódios depressivos.
  • Melhoram a qualidade do sono.

Que tipo de atividade física leva a produção de endorfinas?

Todo o tipo de atividade muscular repetida promove a libertação das preciosas endorfinas, seja a corrida, o caminhar em passo rápido, o movimento associado a trabalhar na horta ou no jardim ou trabalhos domésticos de arrumação ou mesmo quando envolve apenas os músculos das mão e braços, como fazer malha ou crochet.

Quanto tempo de atividade física é necessário?

Depende da quantidade de músculos envolvidos, do vigor do trabalho muscular e da capacidade pessoal de produção de endorfinas.

O que é comum a todas as pessoas é começarem a sentir um, quase inexplicável, bem-estar e não lhes apetecer parar a atividade física.

A presença de endorfinas no cérebro e o bem-estar que promove cria uma forma de habituação e dependência que é percebida como uma vontade de repetir a atividade física e, se possível, mantê-la por mais tempo.

No caso de corrida em passo cadenciado pode ser necessário cerca de 30 minutos.

Na marcha rápida entre 30 minutos a 1 hora.

Em atividades de jardinagem e trabalhos domésticos habitualmente são necessárias 2 ou 3 horas.

É evidente que no caso dos trabalhos de mãos a produção da quantidade de endorfinas é mais reduzida e demorará mais tempo a atingir os níveis necessários para atingir o bem-estar mental.

Compreendemos assim que as pessoas que gostam de fazer malha ou croché o fazem sempre durante longas horas quase como se de uma tarefa obrigatória se tratasse.

Sente tristeza, desânimo e o seu dia está a ficar cinzento?

Depressa, vá produzir endorfinas, o seu cérebro está mesmo a precisar!

Verá como vai ser recompensador!