Método Hipopressivo: a ginástica abdominal do séc. XXI

Bem Estar O método hipopressivo é uma forma de recuperar a faixa abdominal após o parto, criado pela Dr. Marcel Caufriez nos anos 80 e usado até hoje.
Você vai ler:

O método Hipopressivo foi criado pelo Dr. Marcel Caufriez, e surge nos anos 80 como uma alternativa para a recuperação da faixa abdominal após o parto, no âmbito terapêutico da fisioterapia obstétrica.
 
Atualmente estão em curso diferentes linhas de investigação que demonstram os seus resultados positivos tanto a nível estético, como de saúde e desportivo.

A nível desportivo, quer no desporto de alto rendimento quer como prevenção, esta técnica é desenvolvida por diferentes profissionais desportivos; esta terapêutica é utilizada por médicos, parteiras e fisioterapeutas.

Trata-se de um método que é capaz de aumentar o tónus de repouso, diminuindo as pressões sobre a cavidade abdominal, e provocar uma ativação involuntária da musculatura do pavimento pélvico e da faixa abdominal.

Ao ser uma técnica mais abrangente, ajuda a normalizar as tensões musculares, sendo muito útil para a postura (reeducação postural).

Mas cabe destacar que na preparação para o parto, a ginástica hipopressiva deve ser aplicada pela grávida, aquando do trabalho de parto, de forma a favorecer a intensidade da contração uterina – o que leva a uma diminuição do tempo em trabalho de parto, e um mais curto período expulsivo.

Preparar a mulher grávida para este momento, torna o trabalho de parto uma experiência de maior concentração no trabalho muscular, e menos atenção na dor, diminuindo a sensibilidade em cada uma das contrações.

O trabalho Hipopressivo até dois dias depois do parto é uma ajuda preciosa na diminuição das dores associadas a esta fase (do regresso do útero à sua posição).

E após esses dias poderá disfrutar melhor do seu bebé e do tempo de resguardo como processo natural do seu regresso a normalidade (os loquios cada vez mais claros, a subida do leite em resposta às solicitações do filho, etc…)

Trata-se de um método que se realiza através de uma cadência especifica, de forma a manter um ritmo respiratório controlado e adaptado às necessidades de cada indivíduo.

Benefícios do método:

  • Diminuição das sequelas normais de um período pós-parto.
  • Redução do perímetro da cintura.
  • Melhoria postural a nível do tónus abdominal e estabilização lombar, evitando a pressão sobre a parte visceral.
  • Ajuda a controlar problemas de incontinência e a flacidez dos órgãos (vagina, bexiga, ânus e recto).
  • Aumento do tónus do solo pélvico e da faixa abdominal.
  • Aumento da força contráctil de períneo.
  • Melhoria da vascularização por descongestionamento pélvico e a nível linfático (pernas inchadas/pesadas).
  • Melhoria das funções sexuais e diminuição das dores menstruais.

Contraindicações:

  • Hipertensão: há que destacar que no caso de indivíduos com patologia cardíaca, há necessidade de supervisão por uma terapeuta qualificado, para garantir uma aconselhamento adequado do tipo de exercícios a desenvolver.
  • Durante a gravidez, este tipo de exercício deverá ser utilizado unicamente 3 semanas antes da data prevista para o nascimento da criança,  sob a orientação de técnicos especializados com licenciatura universitária, e até 2-3 dias pós-parto.
  • Deverá haver um cuidado extra no caso das doenças inflamatórias intestinais

Recomendamos que trabalhe com um fisioterapeuta e um licenciado em Educação Física especializado, como fazemos na Clinica Maio.

Deverá ser sempre um trabalho conjunto em que se privilegia sempre o bem estar do cliente.