Lista de compras para um bom humor

Alimentação Venha descobrir alguns alimentos que podem nos deixar com bom humor quando consumidos com frequência
Você vai ler:

A grande maioria das pessoas não come só para sobreviver. Alimentamo-nos porque a hora da refeição pode ser um ato social, um momento de pausa, porque nos dá prazer, porque nos faz sentir calmos, bem-dispostos e com energia.

O humor é efectivamente afectado por aquilo que comemos, seja no sentido positivo ou negativo.

Saiba o que não pode faltar na sua lista de compras para passar a semana de bom humor.

Peixe

A fonte privilegiada de ómega 3 (DHA e EPA) não pode faltar nas suas refeições mais de 2 vezes por semana. Prefira os peixes gordos (sardinha, cavala, salmão) pois são os que têm mais ómega 3.

Estes ácidos gordos além de anti-inflamatórios são essenciais ao funcionamento correto do cérebro.

Veja mais sobre peixe aqui.

Amaranto e Quinoa

É importante que mantenha o nível de açúcar no sangue constante ao longo do dia. Para isso deve usar cereais integrais (ou semi-integrais) e o mais ricos nutricionalmente que puder.

O amaranto possui uma quantidade considerável de antioxidantes, minerais e fibras.

A quinoa é o cereal com maior percentagem de proteína e também é fonte de ácido fólico, magnésio e fósforo. Não se fique pelo arroz branco e massa – o seu humor agradece!

Espargos

São fonte de triptofano e de ácido fólico. Ambos contribuem para o metabolismo que leva à formação de neurotransmissores importantes no humor como a serotonina.

Tente cozinhá-los o mínimo possível. Use-os em saladas, sopas e até crús ao lanche para acompanhar um bom hummus por exemplo.

Noz do brasil

As nozes do brasil são uma fonte privilegiada de selénio. Este mineral, para além de antioxidante é importante no metabolismo dos neurotransmissores relacionados com o humor.

Alguns estudos relacionam a falta de selénio com depressão.

Chocolate preto

Sim o chocolate preto pode e deve entrar na sua alimentação se é do seu agrado. Os compostos benéficos presentes no chocolate preto efectivamente levam a aumento de dopamina e serotonina.

E os efeitos não se sentem só em indivíduos com algum tipo de alteração ou deficiência, sente-se mesmo em indivíduos saudáveis. Os polifenóis do chocolate preto ajudam a controlar o stress.

O chocolate de leite poderá dar uma sensação de prazer, mas será uma sensação momentânea por causa do açúcar e gordura que contém.

O chocolate preto leva a sensações mais prolongadas e benéficas.

O chocolate de leite poderá dar uma sensação de prazer, mas será uma sensação momentânea por causa do açúcar e gordura que contém.

O chocolate preto leva a sensações mais prolongadas e benéficas.

Mexilhões e ostras

Possuem grande quantidade de vitamina B12, que juntamente com o ácido fólico representam duas vitaminas importantíssimas para a saúde cerebral.

Também possuem quantidades interessantes de zinco e selénio.

Não sendo alimentos que se comem com muita frequência, pode lembrar-se deles de vez em quando para fazer pratos deliciosos.

Açafrão

O açafrão é uma especiaria muito especial, pelo seu preço e pelas suas características.

Compre açafrão na forma de filamentos, porque o açafrão em pó é facilmente falsificado. Use um almofariz e pilão para triturar. Pouca quantidade dá muita cor e sabor.

Use-o com frequência.

Algumas investigações ligam o açafrão a melhorias no humor e mesmo melhorias em casos de depressão.

Vitamina D

Coloque na sua lista de prioridades, a realização da medição de uma análise à vitamina D.

Se a tiver em níveis baixos será muito mais difícil estar de bom humor.

Água

Hidrate-se bem durante todo o dia. Se estiver desidratado mais facilmente surgem dores de cabeça, o que não favorece em nada um dia bem humorado.

Evite refrigerantes e outras bebidas com açúcar – podem animá-lo no momento em que as bebe, mas o açúcar do seu sangue vai descer rapidamente e vai ficar de mau humor pouco tempo depois.

Mesmo com sumos de fruta tenha alguma precaução.

Apesar de realmente existirem alimentos que fazem mais diferença no humor, o mais importante é hidratar-se bem, não passar demasiado tempo sem comer, comer alimentos o mais naturais possível e ter a certeza de que não usa sempre os mesmos alimentos todos os dias.