Hormonas bio-identicas: O que são? Que benefícios?

Suplementação Descubra o que são os hormônios bio-idênticos e quais são seus benefícios para o nosso organismo.
Você vai ler:

As hormonas bio-idênticas têm conquistado, na última década, muitas fãs entre as mulheres que lhes atribuem a recuperação do seu equilíbrio físico e psíquico.

As hormonas habitualmente usadas são os três tipos de estrogénio, a progesterona, a testosterona, e a DHEA.

Nas diversas fases de transição da vida da mulher quando o equilíbrio hormonal balança, as hormonas bio-identicas podem dar uma ajuda preciosa para restabelecer o equilíbrio físico e psíquico e recuperar a sensação de bem-estar.

O que são as hormonas bio-idênticas?

São hormonas feitas a partir de fitoestrogénios, portanto estrogénios vegetais, habitualmente do inhame selvagem mexicano, e trabalhadas em laboratório farmacêutico de forma a se tornarem idênticas às hormonas humanas. Na verdade são iguais às hormonas humanas.

As hormonas bio-identicas comportam-se no organismo como as hormonas naturais da pessoa. Têm o mesmo tempo de vida activa e mantêm-se ligadas aos receptores hormonais das células durante um tempo idêntico ao das hormonas produzidas pela pessoa.

O que são as hormonas de síntese ou bio-similares

As hormonas usadas nos fármacos são feitas por processos de síntese da industria farmacêutica a partir de estrogénios recolhidos em éguas prenhas.

As hormonas são parecidas com as hormonas humanas, mas não iguais, e por isso se denominam bio-similares.

As hormonas de síntese bio-similares não se comportam no organismo como as hormonas naturais. Habitualmente têm um tempo de vida muito superior e podem ficar ligadas aos receptores hormonais das células durante muito mais tempo, aumentando assim o seu impacto e a sua acção no organismo.

As principais diferenças

As hormonas bio-identicas

As hormonas bio-identicas são prescritas individualmente pelo médico de acordo com a especificidade de cada mulher.

Após análise laboratorial de medição dos níveis sanguíneos ou salivares das varias hormonas é feita uma prescrição para preparação em laboratório farmacêutico das hormonas bio-identicas adequadas ao equilíbrio da pessoa.

As hormonas bio-identicas apresentam-se em creme e a sua absorção é feita através da pele.

Porquê? Para que entrem na circulação sanguínea tal como foram fabricadas, portanto, de forma semelhante ao circuito natural. As hormonas quando são produzidas pelas diversas glândulas são directamente libertadas na corrente sanguínea.

As hormonas de sintese ou bio-similares

As hormonas de síntese estão feitas pelos laboratórios farmacêuticos e distribuídas pelas farmácias de forma standard.

A personalização e adaptação ao desequilíbrio hormonal de cada pessoa é, portanto,  muito mais difícil.

Habitualmente, embora nem sempre, são administradas oralmente, em comprimidos, o que obriga ao processo digestivo e à passagem pelo fígado, onde são transformadas, antes de serem lançadas na corrente sanguínea.

Esta passagem pelo fígado pode aumentar os efeitos adversos das hormonas em algumas pessoas.

O caso específico dos estrogénios e da progesterona

Muitas hormonas de síntese elaboradas pela industria farmacêutica são iguais às humanas, não oferecendo especial problema o seu ajuste e equilíbrio terapêutico.

Mas, infelizmente, esse não é o caso dos estrogénios nem da progesterona.

A mulher produz tres estrogénios: estriol, estradiol e estrona. A proporção entre eles é variavel de mulher para mulher.

De entre eles, a estrona é que habitualmente existe em menor quantidade e é o mais perigoso e carciongénico.

Ora na urina das éguas o estrogénio mais abundante é a estrona e este é o estrogénio maioritariamente presente das hormonas de sintese. 

Este é um dos factores que pode estar associado ao maior risco de cancro de mama e ginecológico das mulheres que fazem terapia hormonal de substituição.

Na opção pelas hormonas bio-identicas podemos excluir a estrona e prescrever um conjunto de estrogénios feito com estriol e estradiol, que sendo os mais seguros são os mais activos na eliminação dos sintomas de deficit estrogénico.

De forma análoga, a progesterona de origem animal e presente nas hormonas de sintese é muito diferente das progesterona humana.

Nas hormonas bio-identicas é possível ter progesterona idêntica à humana.

Mas as hormonas bio-identicas também têm riscos

Toda a intervenção terapêutica com hormonas está associada a riscos e perigos.

As terapia com estrogénios e progesterona bio-identicas requer os mesmos cuidados e vigilância médica que a terapia com hormonas de síntese.

As vantagens das hormonas bio-identicas

A grande vantagem das hormonas bio-identicas é ter menos efeitos secundários e apresentar menos perigos.

Por ser prescrita de forma personalizada poder adaptar-se muito melhor a cada mulher e assim permitir um reequilíbrio físico e psíquico mais eficaz e duradouro quando os desequilíbrios hormonais fazem balançar todo seu bem-estar na adolescência tardia, nos anos piores do sindrome pré-menstrual, na pre-menopausa ou na menopausa.