Dieta de Okinawa para viver até aos 100 anos?

Alimentação No Japão tem uma dieta que é famosa por fazer as pessoas chegarem até seus cem anos, hoje essa dieta está sendo muito procurada pelas pessoas em todas as regiões do mundo.
Você vai ler:

O Japão é a região onde existe a maior proporção de centenários. Então, há com certeza um ou outro ensinamento que podemos retirar desta população.
A província de Okinawa é constituída por 169 ilhas e é a zona do Japão onde a maioria dos centenários vivem ou já viveram.

A população de Okinawa não só vive mais, como tem um risco muito baixo de diversas patologias como osteoporose, cancro do estômago e cancros hormono-dependentes como o da mama e próstata. A sua alimentação é anti-infamatória.

São muitos os fatores que influenciam a longevidade: genética, sexo, estado emocional ao longo da vida, atividade física, clima, sistemas de saúde disponíveis, rede social, stress, ... A alimentação pode contribuir em cerca de 30% para a quantidade de anos que vivemos.

E portanto vejamos como se alimentam os japoneses de Okinawa:

  • Os cereais que comem são cereais integrais.
  • A base da alimentação para além de cereais são muitos legumes e muito coloridos e leguminosas como a soja.
  • Comem bastante fruta, oleaginosas e sementes.
  • 3 porções de peixe por semana.
  • Comem menos carne e ovos do que peixe, preferem carnes brancas.
  • Comem mais tofu e alga kombu do que qualquer outra população no mundo.
  • Comem com muita frequência lulas e polvo.
  • Os legumes que comem são cultivados lá – as batatas doces por exemplo, são muito usadas e são ricas em flavonóides, carotenóides, vitamina E e licopeno.
  • Usam muitas ervas aromáticas e especiarias como a curcuma e também diversas plantas como o chá de jasmim.
  • Bebem poucos ou nenhuns lacticínios.
  • Doces praticamente não entram na alimentação e o álcool é usado com pouca periodicidade.
  • Nunca comem até ficarem cheios, comem alimentos de qualidade mas só até estarem cerca de 80% satisfeitos. A alimentação é riquíssima do ponto de vista nutricional.

Atualmente em Okinawa já existem supermercados e a alimentação já não é exactamente o que era. Principalmente depois da construção de uma base militar americana. Os índices de longevidade e mortalidade são hoje em dia piores do que já foram há algumas décadas.

Talvez os japoneses de hoje devessem talvez olhar para os seus antepassados.

Para além da alimentação, a população de Okinawa é uma população muito ativa onde a jardinagem, artes marciais e dança têm um papel importante em todas as idades.

São também uma população relaxada e positiva – não há muito stress – e dão muito valor às relação pessoais.

Aplique já esta semana pelo menos um dos ensinamentos da alimentação ou estilo de vida de Okinawa e vá optimizando a sua saúde aos poucos.