DHA, o ómega 3 que as crianças precisam sempre!

Suplementação Veja neste post porquê o DHA é muito importante para o desenvolvimento das crianças.
Você vai ler:

DHA significa Ácido Docosahexaenóico e é uma gordura da família dos tão famosos ómega 3.

Os ómega 3 são gorduras fundamentais para a saúde cardiovascular e mental e são anti-inflamatórios.

Portanto é essencial ter uma ingestão de ómega 3 adequada.

O DHA consegue ser produzido pelo nosso organismo (assim como o ómega 3 EPA).

E também o podemos ingerir pela alimentação através de peixes gordos, óleos de peixe ou algas.

Apesar de o corpo produzir EPA e DHA, nem sempre a quantidade é suficiente.

Porque é que o DHA tem tanta importância nas crianças?

  • Porque é fundamental para a estrutura, desenvolvimento e funcionamento do cérebro, bem como para a performance mental;
  • A sua deficiência está ligada a desordens psicológicas como depressão e comportamentos agressivos;
  • Costuma estar em níveis baixos em crianças com hiperactividade e também em casos de obesidade;
  • Diversos estudos mostram que a suplementação  e maior ingestão de peixe  melhoram a performance mental e o comportamento.

As crianças com melhores níveis de ómega 3 (e consequentemente de DHA).

São também mais saudáveis e o seu sistema imunitário é mais forte.

Infelizmente a alimentação dos dias de hoje parece não satisfazer as necessidades e a suplementação mostra-se como uma forma eficaz de prevenção de deficiência de DHA.

EsmeraldAzul sugere que:

Dê peixe ao seu filho (a) várias vezes por semana.

Os peixes seriam todos boa fonte de ómega 3 se se alimentassem apenas de outros peixes, plâncton e algas.

Mas sabemos que muitos são alimentados com rações ricas em ómega 6 e por isso, não adquirimos o ómega 3 desejado.

Escolha bem o peixe que compra!

Use algas em sopas e estufados.

A maior parte das algas à venda estão desidratadas, só precisa de as hidratar em água e adicionar a qualquer sopa ou caldeirada de peixe.

Previna deficiências através da suplementação:

  •  Adquira suplementos que discriminem as quantidades de EPA e DHA e não os que referem apenas a quantidade total de ómega 3;
  •  Para bebés, procure suplementos líquidos, sendo as cápsulas mastigaveis aconselhadas para os mais grandotes;
  • Até aos 7 anos, o DHA é de tal forma fundamental que a suplementação deve conter 2/3 de DHA para 1/3 de EPA. Nos adultos a situação é diferente;
  • A dosagem deve ser entre 250 a 500 mg / dia;
  • Use suplementos de empresas que sabe terem cuidado com o grau de contaminação dos suplementos com metais pesados.

Se agora sabe que o DHA é tão importante para o desenvolvimento das crianças, não fique indiferente e não as prive de atingirem o seu máximo potencial!