Cultivar as suas próprias ervas aromáticas

Sustentabilidade Veja algumas dicas de como cultivar suas próprias ervas aromáticas, e garanta cozidos mais saudáveis e saborosos.
Você vai ler:

As ervas aromáticas são uma excelente opção para começar a fazer o seu quintal bio.

Deixamos alguns conselhos para ser bem sucedido.

Um canteiro ou um conjunto de vasos com várias ervas aromáticas dão-lhe o privilégio de poder temperar os seus cozinhados com ervas frescas e saudáveis.

Dando-lhe sabores variados e combinações surpreendentes!

Mas é necessário ter alguns conhecimentos para começar bem!

As ervas aromáticas são habitualmente provenientes de climas temperados a quentes.

Para crescerem vigorosas necessitam de receber luz solar directa durante algumas horas por dia, de preferência das primeiras horas do dia até meio da manhã.

No quintal, terraço ou varanda, escolha um local virado a nascente, abrigado dos ventos frios e das chuvas mais intensas.

A luz solar que atravessa os vidros das janelas nem sempre é igual à luz solar natural, pois a generalidade dos tipos de vidro altera alguma parte do espectro solar.

Esta será uma das razões para o fracasso de quem tenta criar ervas aromáticas em vasos colocados na parte de dentro das janelas das suas casas.

Em hortos ou lojas de produtos agrícolas biológicos, pode comprar pequenos vasos com ervas aromáticas prontas a transplantar.

Tenha muita atenção ao estado da planta:

As folhas devem estar sadias, sem manchas ou falhas, os rebentos na ponta das hastes devem estar vigorosos, na terra não deve haver qualquer vestígio de bolores ou fungos.

A generalidade das plantas aromáticas requer uma terra rica em húmus, arejada e com boa drenagem.

Tenha em atenção à acidez do solo, que deve ser a ideal para cada planta aromática e se necessário recorra a correctores de acidez.

Para regar as ervas aromáticas, escolha as primeiras horas do dia e deite a água directamente na terra, tendo o cuidado de não molhar as folhas e caules.

A água que fica nas folhas e caules, especialmente se regar ao fim do dia, contribui para o desenvolvimento de fungos e outras pragas debilitando a planta.

A rega deve ser abundante, mas o terreno deve ter uma boa drenagem. Se cultivar em vasos, verifique que não fica água acumulada no fundo dos mesmos.

Se a terra das plantas aromáticas secar demasiado, a vida útil da planta torna-se mais curta, as folhas perdem frescura, criando florescências e sementes a mais curto prazo.

As ervas aromáticas que sugerimos para começar a plantar são: hortelã, salsa, tomilho, basílico, manjerona e coentros.

Desejamos-lhe uma experiencia bem sucedida e que lhe estimule a vontade de aumentar o seu quintal bio!