Conhece o alimento da sua pele?

Bem Estar Veja neste post alguns cuidados que você precisa ter com a pele de seu filho em relação a alguns produtos.
Você vai ler:

Sabia que nos primeiros dias de vida os bebés têm contacto com uma média de 27 produtos cosméticos?

Um estudo da entidade independente EWG detectou que muitos desses produtos contêm ingredientes que não foram ainda testados e confirmados como seguros.

São leites, sabonetes, cremes, e muitos outros produtos, incluindo os perfumes dos adultos com quem convivem. Pois é, a ideia é deixar os bebés limpos e cheirosos.

Mas, infelizmente, nem todos estes cosméticos fazem bem à saúde do seu filho!

Quando falamos de crianças com menos de três anos é necessário ter em consideração a elevada percentagem de superfície de pele para o peso e volume do corpo.

Comparativamente com um adulto; as crianças não são adultos pequenos, o seu sistema imunitário e imaturidade dos seus orgãos torna-os mais sensíveis.

Bebés e crianças são menos capazes de se defenderem e estão também mais expostos dados os seus comportamentos, como a tendência para lamberem e introduzirem na boca as mãos, e inclusivamente os pés.

A pele das crianças exige cuidados especiais: afinal, é mais frágil, com maior tendência para secura (reduzida actividade das glândulas sebáceas).

Mais permeável e por isso mais susceptível e sensível.

Sendo a pele um dos maiores orgãos do corpo humano, funciona como barreira e defesa contra as agressões externas.

Ao absorber tudo o que lhe colocamos, transforma-se um ponto de entrada dos ingredientes directamente até à corrente sanguínea.

Como qualquer órgão, acompanha o crescimento e desenvolvimento do organismo, sendo que é natural que, na infância e até à puberdade.

Ainda não esteja completamente preparada para enfrentar o meio ambiente e desempenhar a sua importante função protectora.

Mas os cuidados devem existir bem mais cedo! Um estudo elaborado entre 1998 e 2008 revela que a exposição a ftalatos (também presentes nos cosméticos).

Durante a gravidez aumentou claramente os problemas de défice de atenção e problemas comportamentais nas crianças.

Sendo claro o papel que a toxicidade assume no desenvolvimento neurológico.

O estudo revelou também biologicamente plausível e portante de necessidade urgente de maior investigação a relação entre os ftalatos e problemas a nível da tiroide.

Se é verdade que os Pequeninos estão mais susceptíveis a ingredientes nocívos nos cosméticos, os Grandotes também têm com que se preocupar.

São vários os ingredientes químicos e sintéticos que são testados por interferirem na saúde humana e que, mesmo quando considerados perigosos, podem existir se em pequenas quantidades.

Sabia, por exemplo, que os óleos minerais são derivados de petróleo? E que estes são potencialmente alergénios e desreguladores hormonais?

Sabia que o Sodio Lauril Sulfato é um ingrediente químico geralmente presente em champôs e geis de banho e que opera como eliminador da gordura.

Provocando secura, irritação de pele, dos olhos e em casos mais graves, diarreia e dificuldades respiratórias?

Para Pequeninos ou Grandotes, procure produtos que defendem uma maior sintonia com a natureza.

Que rejeitam produtos de síntese, fragrâncias sintéticas, corantes e conservantes sintéticos, silicones, parafinas e outros derivados de petróleo.

Mas atenção, um produto natural não significa que esteja isento de ingredientes químicos ou sintéticos, apenas significa que contem ingredientes naturais.

Escolha produtos biológicos certificados, que respeitam a natureza e o ser humano, que contêm ingredientes que o seu corpo entende.