Ciúme: compreender esta emoção e as suas consequências

Bem Estar Entenda os fatores por trás do ciúme e descubra como esse conflito entre a razão e a emoção pode ser prejudicial a saúde.
Você vai ler:

A vivência entre dois adultos de uma relação afetiva é muitas vezes pautada pelo ciúme resultante do medo da perda ou mesmo da necessidade de dominar o outro .

Nas diferentes definições de ciúme são relevantes três aspectos:

  • Ser uma reação perante uma ameaça sentida;
  • A existência de um rival real ou imaginário;
  • Pretender diminuir ou eliminar os riscos da perda do objeto amado.

Sentimento e /ou emoção o ciúme terá um valor, positivo ou negativo, dependendo do contexto em que ocorre e da sua intensidade .

A sua intensidade e as suas componentes podem ser diversificadas. Contudo, o ciúme resulta da interação entre um acontecimento (gerador de ciúme) e uma determinada predisposição para o mesmo.

Havendo essa predisposição, muitas vezes observam- se relações simbióticas (egoístas) com a "pessoa amada”, tornando- se insuportável a ideia de perder a posse do outro. Assim a vida não faz sentido, diz, quem sente ciúme.

No ciúme assistimos a um conflito entre o racional e o emocional, entre o saber e o sentir , entre o dizer e o fazer.

É importante saber, que o ciúme, sendo uma emoção, tem a possibilidade de interferir positiva ou negativamente na nossas escolhas e que pode aumentar a eficácia das nossas tomadas de decisão.

Por ser emoção é também comunicação. Através dele avaliamos as situações e temos acesso às nossas intenções e às dos outros.

A emoção determina o que pretendemos atingir. As aprendizagens e a cognição selecionam as estratégias para que o mesmo seja, ou não, satisfeito. Somos portanto seres responsáveis.

Neste sentido, entendemos a necessidade do conhecimento de si e do outro e a procura de uma boa comunicação para o estabelecimento de uma relação saudável.

Estar atento ao outro como indivíduo separado do eu, que não queremos dominar ou usar, reflete uma relação madura. Sentir- se individualmente realizado permite uma entrega ao outro mais saudável e atenta.

Se o ciúme existe, que cause o menor sofrimento possível e que não seja um obstáculo à felicidade numa relação.

Se o ciúme nasce com o amor , permita que se desvaneça também com ele.