Chá mate, a bebida da amizade!

Alimentação Venha descobrir tudo sobre o chá matte, ou chimarrão, bebida originária da américa do sul e muito consumida principalmente no Rio Grande do Sul.
Você vai ler:

O chá-mate ou chimarrão é uma bebida com origem na América do Sul: Paraguai, Brasil, Bolívia, Argentina e Uruguai.

Os Guaranis têm uma lenda que diz que a Deusa da Lua foi quem lhes deu a erva-mate como prémio por terem ajudado a salvá-la. O chá-mate é feito com a erva-mate e é considerado "a bebida da amizade” sendo bebido em família ou num grupo de amigos.

A sua preparação varia de país para país mas geralmente envolve a erva-mate triturada, água quente (mais comum) ou água fria, a cuia e a bombilha como se pode ver na imagem.

A cuia é passada de pessoa para pessoa e todos bebem pela mesma bombilha. Não só é sinal de amizade como de hospitalidade. Não estranhe se for assim recebido ao visitar a América do Sul.

Alguma vantagem para a saúde?

Não é uma resposta fácil de dar, já que depende de vários fatores.

O chá-mate é por vezes consumido juntamente com a refeição na zona da América do Sul. E foi o chá-mate que impediu que homens com hábitos de ingestão de grandes quantidades de carne, vissem a sua saúde prejudicada por ingestão de ferro em excesso.

A erva-mate possui muitos taninos, substâncias que se ligam aos minerais impedindo a sua absorção. Ora, no caso do excesso de carne que era praticado pelos povos da América do Sul, o chá-mate era um aliado.

Mas para nós, nos dias hoje, não é boa opção para a refeição já que impedirá a absorção dos minerais (principalmente ferro) do nosso almoço/jantar. Opte por bebê-lo fora do horário das refeições.

Existem muitos estudos em animais que mostram benefício da erva-mate em ratos obesos. Verifica-se diminuição da gordura,  melhoria do metabolismo da leptina, diminuição dos triglicerídeos, e do risco de aterosclerose.

Mas estudos em humanos são quase inexistentes, sendo que o único recente, estudou em conjunto o guaraná e a cafeína. Não é por isso sensato esperar que o chá-mate o ajude no peso.

No entanto, a erva-mate é muito rica em polifenóis que têm efeito antioxidante e anticancerígeno comprovado. O problema está na forma como adquirimos a erva-mate ou como a preparamos.

Se comprarmos erva-mate que foi sujeita a processos de secagem podemos estar a fazer um chá com compostos cancerígenos, os hidrocarbonetos aromáticos policíclicos.

Da mesma forma, se usa a água demasiado quente na preparação do chá, poderá estar a cometer o mesmo erro.  

A elevada incidência de cancros digestivos (esófago, estômago,…)  na  América do Sul  pode dever-se ao constante uso de chá-mate de marcas que usam processos de fumagem.

Assim, a melhor forma de preparar chá-mate é não deixar que a temperatura da água seja muito alta e comprar erva-mate sem processamentos térmicos semelhantes a fumagem:

  • Aqueça 200 ml de água a 65ºC.
  • Coloque 1 colher (de sobremesa) cheia de mate numa jarra.
  • Despeje a água quente sobre a erva.
  • Deixe em infusão por aproximadamente 5 minutos.
  • Beba na hora.

O chá-mate pode ter interesse pelo seu teor de polifenóis desde que correctamente preparado, mas deve ser bebida fora do horário das refeições.