Brinque ....sempre que Possa!

Bem Estar Brincar é importante para o desenvolvimento da criança, além de ser saudável para seu bem estar físico e mental.
Você vai ler:

Brincar é uma necessidade e um fator essencial ao desenvolvimento da criança que incentiva a relação entre pares.

A resolução construtiva de conflitos e a formação de seres críticos e reflexivos.

Inicialmente, a brincadeira surge como ato de prazer mas, ao longo do desenvolvimento, estrutura-se de acordo com o meio envolvente e as competências da criança.

Individualmente ou em grupo, a criança utiliza as brincadeiras e o brinquedo como forma de ação, compreensão e transformação do mundo em que vive.

Sendo capaz de quebrar relações de subordinação ao objeto e de lhe atribuir novos significados.

É um processo ativo, que resulta da motivação da própria criança e, por isso, com forte ligação às tarefas.

Motivada, torna- se mais atenta e busca a sua autonomia.
 
Ao brincar não só explora o mundo à sua volta como comunica sentimentos e fantasias.

O Desenvolvimento linguístico, social e físico que as brincadeiras promovem são evidentes.

O brincar cria espaço para o erro e para a criatividade. Desenvolve a imaginação mas também facilita o contato e a aprendizagem de regras:

  • Por se estruturar ao longo do desenvolvimento torna- se um bom indicador do bem-estar da criança e da sua adaptação ao meio;
  • Por ser um instrumento de aprendizagem reforça a importância da motivação e do prazer no crescimento da criança;
  • Por ser um elemento de comunicação e de prazer torna-se importante na área da Psicologia da Saúde e Psicologia Clinica.

O espaço para brincar é um espaço de comunicação entre adultos e crianças.

Nesse espaço desenvolvem-se competências de interação social e aprende- se a partilhar emoções.

Pelo carácter "instintivo” da atividade lúdica e, consequentes vantagens que dela resultam, as crianças reclamam muitas vezes o direito ao brincar! Pais e professores respondem com obrigações!

Brincar é um direito e uma necessidade  de todas as crianças  com vantagens sociais , cognitivas e afetivas  obtidas  com doses deliciosas de alegria.