Aproveite este período de férias para escolher os melhores produtos alimentares!

Alimentação Mude seus hábitos alimentares e tenha uma qualidade de vida mais saudável, além de prevenir muitas doenças.
Você vai ler:

Já muito se tem falado sobre a importância da leitura de rótulos, mas com a correria que caracteriza os nossos dias, nem todos têm tempo de o fazer.

Agora que está de férias, ou que os outros estão de férias, deixando o transito bem mais calmo e a quantidade de trabalho mais reduzida, que tal demorar mais tempo quando for comprar alimentos? 
    
Sugerimos que comece a ler os ingredientes dos produtos que costuma comprar.

Perante este conselho, o primeiro pensamento é muitas vezes "mas eu não sei ler rótulos” – e é aqui que está a base do problema.

Recordemos que a lista de ingredientes  é apenas a lista dos alimentos incluídos num determinado produto – tal como uma receita, onde não são especificadas as doses. 

Imaginemos que os ingredientes do sumo de laranja que vai comprar for apenas "laranja”, ou se os  ingredientes do pão forem "farinha de trigo, água,  fermento e sal”.

Teve alguma dificuldade em ler estas listas de ingredientes?

Podemos ainda avançar para  umas bolachas e ler algo como "farinha de aveia, ovos, leite em pó, açúcar e azeite”, e novamente não teve qualquer dificuldade em entender os ingredientes. 

A ordem pela qual aparecem os ingredientes diz respeito à quantidade presente no produto – logo, se num sumo de laranja o primeiro ingrediente for água, seguido de açúcar e só depois o sumo de laranja, significa que esse produto tem mais açúcar do que sumo de fruta.

Use o bom senso – se está a comprar um hamburguer de carne, será que é necessário ter farinha de trigo, leite ou mesmo farinha de soja nos ingredientes?

E os fiambre que têm menos de 50% de carne?

Aproveite esta altura para ler nos ingredientes, o que constitui mais de metade desse fiambre que julgava ser principalmente de carne. 

Esta lista de ingredientes poderá ter um ou dois nomes que não conhece, que poderão ser alguns aditivos usados com determinado objetivo.

Há diferentes aditivos que até podem ter um efeito benéfico para a saúde, como já falamos aqui.

Neste caso pode eventualmente levar, mas sempre pode registar o nome desse aditivo e pesquisar depois para que serve e quais os possíveis efeitos para a sua saúde.

Quando um determinado aditivo é polémico, sugerimos que o deixe na prateleira, pois muito provavelmente terá ao lado outro produto equivalente que não tem esse aditivo.

Se fizer isto cada vez que vai às compras, dentro de pouco tempo já tem as suas marcas e produtos de eleição, feitos a partir de ingredientes naturais e fáceis de pronunciar.

 Além disso, se todos fizermos isso, as empresas vão deixar de produzir os alimentos com lista de ingredientes complicadas, e optar por alimentos com lista de ingredientes perceptíveis.

Pela simples razão de que os outros não são comprados pelos consumidores. 

Pode aproveitar também esta fase para limpar a sua despensa! Recorde aqui as nossas dicas de como o fazer.