Anti-inflamatórios naturais que tem de conhecer

Bem Estar Veja algumas substâncias naturais que são anti-inflamatórias e como elas podem ajudar a combater esses problemas.
Você vai ler:

A inflamação é um processo natural que tem o objectivo de nos proteger. Mas por vezes este processo fica descontrolado e é necessário equilibrá-lo. Laboratorialmente pode ter noção da sua situação clínica.

Tenha bem presente a diferença entre inflamação aguda e crónica (ou silenciosa).

A inflamação crónica potencia a degradação da saúde e o aparecimento gradual de patologias e por isso, se sabe que precisa de controlar a inflamação vai gostar de conhecer fitoterapia que pode ajudar.

A medicação anti-inflamatória apresenta uma série de efeitos secundários que podem ser evitados se recorrer a opções naturais.

Harpagophytum ou unha-do-diabo

A raiz e tubérculos desta planta rastejante apresentam efeitos anti-inflamatórios.

Diminuem mediadores inflamatórios como a COX 2, TNF-alfa e Interleucina-6, função que também é levada a cabo por medicamentos anti-inflamatórios.

Os seus efeitos mais notórios são a nível articular, principalmente em casos de osteoartrite. Estudos científicos revelam redução da dor, consequente da redução de inflamação.

Boswellia Serrata

As substâncias ativas da Boswellia Serrata designam-se ácidos boswelicos.

Estas substâncias com efeito anti-inflamatório permitem que os benefícios sejam sentidos em casos de doença crónica como colite ulcerosa, doença de Crohn, artrite reumatóide, asma, osteoartrite.

O efeito é semelhante aos anti-inflamatórios não esteróides, mas de forma natural sem os efeitos secundários deste tipo de medicação.

Cúrcuma

A cúrcuma tem utilidade anti-inflamatória quer como especiaria quer como suplemento. É o conteúdo de curcumina que lhe confere características especiais.

A curcumina influencia as vias da inflamação e existem inúmeros estudos que demonstram diminuição da inflamação e consequente benefício, em casos de Alzheimer, osteoartrite, artrite reumatóide, inflamação de vias respiratórias, diabetes.

Poderá ter um papel importante também na prevenção da inflamação e não só na inflamação já distribuída.

Mexilhão verde da Nova Zelândia

O mexilhão verde da Nova Zelândia é um molusco com características medicinais especiais que está disponível na forma de pó e cápsulas.

O mecanismo de acção parece ser a inativação da via da lipoxigenase que leva à formação de leucotrienos que estão envolvidos no processo inflamatório.

É usado na diminuição de inflamação em casos de osteoartrite, artrite reumatóide e asma.

Condroitina e glucosamina

A suplementação com condroitina e glucosamina reforça a cartilagem e líquido sinovial, previne a sua degradação e estimula o seu metabolismo.

Acabam também por ter efeito anti-inflamatório.

Por exemplo a glucosamina já demonstrou ter efeito anti-inflamatório semelhante a medicamentos, sendo até mais benéfica ou viabilizando a diminuição da dose de medicação anti-inflamatória.

Tenha também cuidado com a sua alimentação, durma bem, controle o seu peso e relaxe.