Almofadas & Almofadas: saiba escolher a sua!

Bem Estar Veja algumas dicas de como escolher as melhores almofadas para noites de sono melhores.
Você vai ler:

Mais do que um acessório, a almofada desempenha um papel essencial na manutenção da cabeça, nuca e pescoço. Deve estar adaptada à morfologia de cada indivíduo para permitir um sono reparador, em conforto e com boa temperatura.

A escolha da sua almofada está dependente da posição em que dorme:

  • Se dorme de costas a almofada deve ser baixa, firme, mas suave, as almofadas em espuma de memória podem ser uma boa escolha;
  • Se dorme de lado a almofada deve ser firme, ter a altura necessária para suportar a coluna sem que esta se incline - recomenda-se a almofada cervical, sobretudo para as pessoas que sofrem de rigidez e dores de coluna ou cabeça;
  • Se dorme de barriga para baixo, posição que não é de todo recomendada, a almofada deve ser fina, suave, plana e pouco volumosa;
  • Se muda com frequência de posição durante o sono recomenda-se a almofada ergonómica. Esta apresenta uma configuração que se adequa a todas as posições.

Existem vários tipos de materiais constituintes das almofadas que interferem com a cervical.

A almofada em latex é densa e elástica, não se deforma, tem bom ajustamento e evita a humidade.

A almofada de penugem de pato ou ganso pode ser adequada para quem muda frequentemente de posição pois permite que a pessoa a molde, absorve a transpiração e neste momento já existem modelos anti ácaros.

A almofada de espuma de memória ou viscoelástica permite que esta se molde à forma da cabeça e do pescoço, à posição, se ajuste à pressão exercida e é sensível à temperatura.

A almofada de bolas de espelta é confortável e funde-se em função da morfologia, ajusta-se às mudanças de posição e é relaxante. Tem o inconveniente de provocar algum ruído o que perturba as pessoas mais sensíveis.

Existem almofadas amigas do ambiente: estas são compostas 100% com fibras polyester provenientes de matérias plásticas recicladas e são totalmente recicláveis.

É importante que faça a sua própria procura para escolher a almofada que melhor se adequa a si e às suas necessidades.

A sugestão que dou é que pergunte aos familiares ou amigos com quem está à vontade se têm almofadas especiais e que lhe permitam fazer uma pequena experiência. Pode ficar com uma primeira impressão para ajudar na escolha.

Algumas almofadas são dispendiosas e ninguém pode garantir que seja a certa.