A idade das sementes e a sua renovação

Sustentabilidade Venha descobrir como funciona a renovação das sementes e como saber suas idades aqui.
Você vai ler:

No último século perdemos à escala mundial, cerca de 75% das variedades de plantas cultivadas. Ao mesmo tempo vão sendo acrescentadas aos catálogos comerciais e aos catálogos oficiais, novas variedades, mas na sua grande maioria híbridas e, nalguns casos, geneticamente modificadas.

A conservação de variedades tradicionais é fundamental, seja pela conservação dum património genético que pode vir a ser muito importante no futuro, seja pela maior sustentabilidade da produção agrícola em que neste tipo de variedades o agricultor pode produzir as suas próprias sementes, ao contrário das híbridas que degeneram.

As flores que agora surgem na horta, são o começo da formação da semente, pois é aí que a fecundação ocorre, na maioria das vezes com a ajuda das abelhas ou de outros insetos polinizadores.

Outras flores surgem agora na horta, como a rúcola, também em plena floração primaveril.

Mas como saber quando precisamos guardar sementes, se as que temos guardadas ainda podem germinar?

Com esta informação já podemos guardar as sementes que colhemos, pelo período máximo indicado na 3ª coluna e sempres nas melhores condições possíveis (sementes secas à sombra, armazenadas em frascos ou caixas fechadas e ao abrigo da luz).

Quando se aproximar o prazo indicado, então deixemos florir, polinizar, fecundar e produzir, tanta vida num corpo tão pequeno!