A casa e o meu espaço pessoal

Bem Estar Você também tem seu espaço pessoal? Venha saber mais sobre a casa e o espaço pessoal.
Você vai ler:

O espaço pessoal pode incluir diferentes e vários elementos ou nenhum. Depende do gosto de cada um de nós.

Contudo os diferentes elementos estéticos podem alterar drasticamente o comportamento das pessoas que entram nesse espaço.

Pode também ser apenas uma divisão, ou um lugar onde o individuo usufrui da necessidade de estar no seu próprio espaço e distanciado de outras pessoas.

Vamos ver como vários elementos podem ser importantes  para a nossa saúde mental e noção de individualidade espacial.

  • Separação acústica:

Apesar de não ser um elemento físico, o ruído, muitas vezes invade uma sala. A separação de sons externos é uma das chaves para ganhar privacidade. Pode-se ouvir musica, ler, ver televisão, estudar, pensar ou apenas estar, sem interferência do "mundo" exterior.

  • Cor:

A cor, como já desenvolvemos aqui, também afeta o humor e a atmosfera de um espaço. As cores diferentes (frias ou quentes)  podem excitar ou acalmar uma pessoa.

  • Iluminação:

A iluminação pode configurar diferentes zonas dentro de um espaço, sendo um potencial agente no nosso humor, dependendo da forma como está a ser aproveitada.

A luz é um agente biológico e terapêutico para nós e devemos saber aproveita-la bem!

  • Personalização e as conexões com o meio ambiente:

Os itens, objectos, mobiliários e as ligações com o meio ambiente (jardim, plantas, vistas para o mar...) refletem os gostos ou actividades pessoais, sendo esta a melhor forma de desenvolver um espaço único e individual.

Estes aspectos devem ser genuínos da nossa parte, de forma a nos identificarmos verdadeiramente com eles, no sentido de nos proporcionar paz, segurança, relaxamento e conforto.

Os poderes da cor, acústica, iluminação e vegetação não são dados novos, todos nós percebemos que nos influenciam.

Contudo, muitas vezes, esquecemo-nos que, estes elementos, todos juntos, podem ter efeitos muito significativos no nosso comportamento e saúde mental.

Neste sentido, criar um espaço pessoal só nosso, cuidado à nossa maneira, desenvolvido tendo em conta a nossa individualidade e identificação enquanto pessoa, tem como objetivo nutrir a nossa alma, tornando-se imperativo na sociedade exigente de hoje.

Se quiser ser saudável e feliz, consigo próprio (a), claro!