7 conselhos para prevenir, ativamente, as tromboflebites

Bem Estar Venha conferir alguns sintomas da tromboflebites e os métodos para a sua prevenção.
Você vai ler:

A tromboflebite é uma situação clinica grave que requer tratamento médico urgente, tem uma recuperação demorada e incapacitante que pode demorar semanas.

É muito importante prevenir ativamente o aparecimento de uma tromboflebite.

O que é uma tromboflebite

Uma tromboflebite é o desenvolvimento simultâneo de uma inflamação da parede interna das veias e a formação de um coágulo sanguíneo nesse local. O fluxo sanguíneo venoso fica assim comprometido ou mesmo interrompido.

O local mais habitual das tromboflebites é a perna.

Mas também pode acontecer no braço.

Sintomas de uma tromboflebite

  • Dor intensa e que se vai agravando rapidamente no interior da massa muscular do membro em questão;
  • A dor agrava se os músculos forem pressionados;
  • Sensação de calor intenso na região;
  • Podem aparecer sinais de vermelhidão na pele.

Tratamento de uma tromboflebite

É um tratamento farmacológico que deve ser começado o mais precocemente possível.

Trata-se de uma urgência médica!

É absolutamente necessário parar rapidamente o processo inflamatório venoso e a formação de coágulos, tratar os coágulos já existentes e evitar que se desloquem no trajeto da circulação sanguínea venosa, o que pode por em causa a vida!

Se suspeita que está com uma tromboflebite, não espere nem hesite, dirija-se rapidamente a um local de atendimento médico de urgência.

Causas predisponentes para uma tromboflebite

  • Ter varizes ou insuficiência venosa.
  • Tomar a pílula;
  • Ter hábitos tabágicos;
  • Não praticar atividade física regular;
  • Ter colesterol ou triglicéridos elevados;
  • Expor as pernas a fontes de calor intenso;
  • Ter-lhe sido feita uma punção venosa recentemente;
  • Permanecer muito tempo em posição sentada com pernas pendentes, sem se mobilizar, nomeadamente em viagens de carro ou avião,superiores a duas horas.

Prevenir a tromboflebite.

1. Em viagem, mexa-se!

Quando viajar de avião, movimente-se pelo menos de duas em duas horas. Levante-se e ande no corredor do avião levantando os joelho e os pés para aumentar o trabalho muscular e estimular a circulação venosa.

Quando viajar de carro, pelo menos de duas em duas horas, pare, saia do carro e faça um passeio com movimentos vigorosos das pernas.

2. Em casa ou no trabalho, mexa-se!

Não permaneça de forma prolongada na posição de pé ou sentada com as pernas pendentes, sem se mexer.

Faça frequentemente movimentos com as pernas como se estivesse a andar.

Sentada, coloque sempre as pernas sobre um apoio de pernas. Frequentemente, rode a ponta do pé devagar, desenhado um circulo para um e outro lado.

3. Mantenha uma boa hidratação.

Beba ao longo do dia 1,5 litros água, entre as refeições. A desidratação facilita a agregação plaquetéria e a formação d e trombos venosos.

4. Pense em tomar Extrato de Castanheiro da Índia e Picnogenol

Se tem varizes ou insuficiência venosa, se sente as pernas pesadas ou inchadas nos dias quentes, mantenha a toma regular de fármacos ou de fitoterapia tonificadora da parede das veias.

Em fitoterapia aconselhamos a toma de extratos de Castanheiro da Índia, especialmente na época quente e quando viaja e de Picnogenol  que favorece a elasticidade dos vasos.

5. Tome diariamente entre 1 a 2 gr de Ómega 3.

O Omega 3 permite ao seu organismo controlar melhor os processos inflamatórios, diminuindo a sua intensidade. O Omega 3 previne a agregação plaquetária, dificultando a formação de trombos venosos.

6. Afaste-se das fontes de calor!

Colocar as pernas muito perto de lareiras ou aquecedores é favorecer a inflamação venosa e arriscar seriamente a fazer uma tromboflebite!.

7. Elimine os fatores de risco.

Se o seu estilo de vida tem alguns riscos para tromboflebites, tente ir eliminado os que estão ao seu alcance afastar: não fume, faça atividade física, controle o seu peso.

Por em pratica estes conselhos e prevenir uma tromboflebite vale mesmo a pena!
Quem já passou por uma que o diga!